Brasil Blogado » Escolar » A rota da seda

A rota da seda

A rota da seda foi criada pelos chineses com intuito de comercializar seus diversos produtos, inclusive o tecido. Acompanhe neste artigo como tudo aconteceu. Confira!

     

Os Chineses aprenderam a fabricar o tecido seda por meio de uma fibra branca dos casulos dos bichos de seda. Eles mantiveram esse segredo por séculos e séculos,  pois várias outras regiões estavam dispostas a pagar caro pela exportação do produto. A partir dai nasceu essa rota no oriente para compartilharem esta e outras riquezas.  

Rota da seda
A rota da seda, tanto por terra quanto pelo mar. (Foto:Reprodução)

A Rota era usada para o comercio do tecido de seda entre o Oriente e a Europa. Passavam pelas rotas caravanas e embarcações. O Início da rota começava na cidade de Chang’ an, na China e ia até Antioquia na Ásia menor. Porém com o passar dos tempos e devido a expansão do comercio a rota se expandiu  à Coreia e o Japão.

O nome da rota foi escolhido pelo arqueólogo alemão Ferdinand Von Rochttofen. Antes disso as rotas já eram usadas por mais de dez mil anos.

Os comerciantes que levavam vinho, ouro, animais e outros, partiam do oeste e os chineses ofereciam ervas, tecidos de seda, perfumes e podiam escolher o nome da rota. A rota se tornou perigosa entre os séculos III e IV, devido a invasão dos Hunos ( povos bárbaros).

Rota da seda2

Rota da seda (Foto:Reprodução)

No século VIII, a rota começou a ser dominada pelos árabes que estavam fazendo acordo de terras.  Um pouco mais tarde, em meados do século XII, houve a invasão dos soldados de Gengis Kan que tomaram o território da Ásia Central, o norte da China e os territórios tibetanos. E somente pagando uma taxa que os mercadores podiam transitar pela rota.

 

 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?