Brasil Blogado » Gravidez » Altura uterina na gestação

Altura uterina na gestação

A medida uterina é muito utilizada para realizar um parecer sobre a ocorrência de erros na avaliação da idade gestacional.

     

A medida da altura uterina (AU) é uma técnica simples utilizada para avaliar o crescimento fetal durante as consultas que a gestante faz durante o pré-natal. A curva também identifica da AU, serve como padrão de crescimento da mesma em função da idade gestacional, para diagnosticar de forma eficaz a restrição de crescimento intrauterino.

A ultrassonografia também pode ser usada para o mesmo fim por ter objetivos semelhantes, oferecendo um precisão representativa. Porém, o seu custo é maior, justamente por causa da sofisticação da aparelhagem utilizada manuseados por profissionais especializados.

Altura uterina

Medida da altura uterina

Medir a AU ajuda a identificar possíveis complicações na gravidez, entre elas estão as desordens do líquido amniótico, gestações múltiplas, entre outros problemas.

A medida também é utilizada para realizar um parecer sobre a ocorrência de erros na avaliação da idade gestacional, considerando a data da última menstruação como base e período respectivo de semanas.

O crescimento intrauterino possuiu uma limitação mediana preestabelecida. No Brasil a estimativa de AU fica entre 10 a 15%.

Os intervalos da medição da AU regulares são podem indicar a idade gestacional com exatidão, mesmo com a comum alteração da altura do útero que ocorre a cada semana que transpassa.

Geralmente na 22ª semana, o útero da mulher já se encontra na altura do umbigo podendo ceder quando a gravidez já está chegando aos nove meses.

Existem dois métodos para obter a medida da AU:

  • Objetivo – a medida é adquirida através da utilização dos instrumentos: pelvímetro e/ou a fita métrica.
  • Subjetivo – a medida é adquirida através da comparação entre os pontos anatômicos de referência do abdome da gestante e a altura do fundo uterino.

Para realizar o procedimento, a gestante é colocada em decúbito dorsal, ou seja deitada de costas, com o abdômen a mostra. Utilizando a palpação, procura-se acertar a dextroversão uterina que comumente acontece em uma gestação. A extremidade é então fixada com um fita métrica flexível. A medida juntamente coma curva da AU deve ser anotada em centímetros.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?