Brasil Blogado » Escolar » Células Tronco- Resumo

Células Tronco- Resumo

Saiba, através deste artigo, tudo sobre as células-tronco. Como ela surge, os benefícios e como são os estudos realizados por meio de pesquisas para chegar a cura de algumas doenças. Tudo isso e mais informações, só aqui no Brasil Blogado.

     

O seu surgimento da Célula Tronco se dá devido o espermatozoide fecundar o óvulo dando origem ao zigoto. O mesmo sofre mitoses dando origem a uma “bola de células” que se diferenciam originando os folhetos germinativos. Em seguida acaba se diferenciando em tecidos e órgãos do organismo. Tais células originadas das mitoses do zigoto são as células-tronco que podem ser chamadas de célula mãe ou estaminais.

Elas são primitivas, produzidas durante o desenvolvimento do organismo e dando origem às outras células. E devido a isso, pode-se dizer que ela possui a capacidade de se transformar em qualquer célula do corpo. Além disso, estas células são capazes de se renovarem por meio da divisão da celular e diferente de outras, estas podem ter características idênticas em relação às outras. As células tronco ficaram conhecidas como células coringas, exclusivamente por terem o poder de adquirir formas iguais a qualquer tipo de célula. E através das células tronco é  possível produzir outras células.

Tipos

As células-tronco podem ser classificadas em:

° Totipotentes:  É quando conseguem ser diferenciadas em todos os tecidos do corpo humano, podendo ser encontradas na primeira divisão do embrião, quando ele se encontra com aproximadamente 32 células.

° Poligotentes: Que diferenciam-se em poucos tecidos.

°  Unipotentes: Que se transformam em um único tecido.

° Pluripotentes: São células adultas que foram geneticamente reprogramadas para o estágio de células-tronco embrionárias. Elas são capazes de se transformarem em quase todos os tecidos, exceto a placenta e anexos embrionários. Podem estar sendo retiradas do embrião para tal feito por volta do quinto dia depois da fecundação.

Ela pode salvar uma vida, caso aplicada da maneira correta.

Elas podem ser classificadas de diversas maneiras, porém nem todas elas podem se reproduzir.  (foto:divulgação)

 

E tais estruturas podem ser divididas de acordo com sua origem, sendo:

* Células-tronco derivadas de tecidos embrionários (somáticas), serão aquelas que formam o interior blastocisto, um aglomerado celular que acaba dando origem ao tecido e órgãos necessários para o desenvolvimento do feto.

* Células-tronco derivadas de tecidos não-embrionários (adultos), mas sim do organismo. Elas são células indiferenciadas que podem ser encontradas no meio de células diferenciadas e podem ajudar a compor as estruturas do corpo. Elas têm a função de renovar e reparar os tecidos do corpo.

Estudos

Nos países onde os estudos são permitidos, elas estão sendo utilizadas em caráter experimental no tratamento de diversas doenças como:  câncer, doenças do coração, hepáticas, Alzheimer, diabetes, renais e outras.  E um bom exemplo disso tudo podemos encontrar nos:

° Instituto Butantan em São Paulo, onde os pesquisadores conseguiram obter células-tronco embrionárias a partir do dente de leite e estão fazendo experimentos para lesões de córnea.

° Instituto Nacional de Cardiologia (INC) e do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), conseguiram células do sangue da menstruação em células-tronco embrionárias.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?