Brasil Blogado » Gravidez » Como controlar a ansiedade e o nervosismo na gravidez

Como controlar a ansiedade e o nervosismo na gravidez

Esta grávida, ansiosa, nervosa e precisa se controlar, mas não sabe como? E simples, leia a matéria a seguir.

     

A ansiedade e o nervosismo na maioria das vezes caminham de mãos dadas, ainda mais quando se esta grávida. E isso tende acontecer devido as mulheres receberem uma dose de hormônio a mais em seu organismo, o que por sua vez acaba gerando múltiplas sensações, como por exemplo, a alteração de humor. Ou seja, no mesmo instante que a gestante esta sorrindo, pode estar triste, furiosa, ansiosa e assim por conseguinte. E essas alterações podem fazer mau para mamãe e também para o desenvolvimento do bebê, e sendo assim ela deve ser tratada.

Para quem não sabe a ansiedade é considerada uma doença perigosa, pois o seu quadro pode se desenvolver e deixar seu portador debilitado até que não aguente mais e venha a óbito. Porém a sentida pelas mamães tendem a ser  um pouco diferente. Elas se encontram nesse meio devido a pressão que estão sentindo por causa da mudança de vida, de planos, por tudo ser novo, ou ter saído de seu eixo. Então, ela não precisa ser considerada um monstro de sete cabeças, mas como já dito logo acima, deve ser tratada para que assim não ocorra nenhum mau com ambos.

Tipos

Existem dois tipos de ansiedade, vejamos quais são e como trata-los.

Não deixe nada fazer mau a você e seu filho.

Controle seus ânimos.
(Foto Reprodução)

. Leve: é aquela que possui o quadro estável e não patológico. Nela o portador fica agitado e pode ter alterações nos batimentos cardíacos e na respiração. E para trata-lá é indicado técnicas de relaxamento, treinamento de respiração abdominal, meditação, além de ioga e acupuntura.

. Grave: é quando o quadro já precisa de apoio e acompanhamento psicológico para que não haja o desenvolvimento da doença, pois nele o paciente já se encontra dependente do medo, e se encontra controlado por ele em diversas situações. No mais, ela deve ser tratada por meio de medicações como antidepressivos na medida certa. E atenção, deve-se evitar os ansiolíticos, o chamado calmantes da tarja preta, pois eles fazem mau para o desenvolvimento do bebê.

Dicas

Existem alimentos que podem trazer benefícios contra essa ação, pois são ricos em vitaminas e aminoácidos, que auxiliam no controle da ansiedade e melhora os níveis de serotonina (substância que provoca bem estar). Como por exemplo: amêndoas, mala, laranja, uva, espinafre, mel,abacate, aveia, alimentos integrais, banana, chocolate amargo, nozes, carnes, peixes, queijo minas, batata, ovo e outros. 

E também algumas ações que devem ser evitadas, como: o uso de cigarro, bebida alcoólica, cafeína, frituras, enlatados, pimenta e de mais, pois fazem mau para o intestino da gestante e também, não favorecem no procedimento de crescimento do feto. e seus órgãos.

E além disso, a mamãe pode tentar se controlar sozinha. Quando ela estiver percebendo que esta ficando nervosa, basta com que feche os olhos, conte até 10, respire bem fundo, tome pequenos goles de água devagar, ou ainda,  procure caminhar um pouco para liberar a energia contida no sintoma. Fazendo isso, aos poucos ela vai voltando ao normal e se controlando.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?