Brasil Blogado » Variados » Como empacotar material para esterilizar

Como empacotar material para esterilizar

Confira neste artigo um guia completo de empacotamento para materiais esterilizados de acordo com as normas descritas nos manuais de biossegurança. Acompanhe!

     

Para a eliminação total de vida de micro-organismos em alguns materiais, a esterilização é realizada, processo altamente recomendado para objetos a serem utilizados na área da saúde e em vários outros setores. Depois que esse procedimento é concluído, para que não haja novamente a conectividade microbiológica desses produtos, o seu empacotamento é recomendado pelos padrões e normas de biossegurança.

Atualmente, existem várias técnicas de esterilização no mercado, onde grande parte delas oferecem tanto vantagens quanto desvantagens. O processo escolhido dentre eles é a autoclavagem, que expõem o material a um vapor de água sob pressão, à 121 °C, durante 15 minutos.

Após a esterilização, indica-se que os objetos sejam embalados de uma maneira que permita o contato total do material com o vapor de água. Todos os produtos, incluindo os de resina, vidros, plástico e termossensíveis, podem passar por essa prática sem que haja nenhum tipo de prejuízo.

Autoclave

» 1° passo: Usar somente caixas que sejam perfuradas;

» 2° passo: Identificar todas as caixas que estiverem materiais termossensíveis, pois o seu tratamento é diferenciado dos demais;

» 3° passo: Para embalar a caixa, utilize: manta de polipropileno gramatura 60 ou papel crepado;

» 4° passo: Prefira usar fita auto-selante com indicador químico para identificar o grau cirúrgico;

» 5° passo: Todas as embalagens que possuírem indicador químico, dispensam o uso de fita para autoclave;

» 6° passo: Lembre-se que as esponjas de endodontia são de uso único e devem ser usadas em um recipiente de paredes duras, de vidro de preferência;

» 7° passo: A colocação dos metais diferentes no mesmo pacote irão acarretar um processo de oxidação;

» 8° passo: Para facilitar a penetração do vapor e uma melhor esterilização, é indicado que os porta-agulhas, tesouras, fórceps e instrumentais articulados fiquem abertos;

» 9° passo: A parte externa da turbina, peça reta, micromotor e contra-ângulo deve ser limpa com detergente, escova ou gaze, lembrando que seu fluxo de água deverá ser acionado antes de começar a limpeza;

» 10° passo: Enxágue e seque bem os instrumentos, faça a lubrificação de acordo com as instruções cedidas pelo fabricante, remova o excesso (se houver) com papel, embale os materiais e sele;

  • A turbina, peça reta, micromotor e contra-ângulo deverão ser colocadas em uma caixa de resina perfurada, com tamanho médio, antes serem enviadas para a Central de Esterilização.

» 11° passo: Em relação aos instrumentos rotatórios, realizar uma nova lubrificação posteriormente com produto estéril poderá aumentar a vida útil das peças.

Dica para empacotamento de caixa perfurada com papel crepado ou manta de polipropileno

Dicas para empacotamento de materiais esterilizados.

Passo a passo para empacotamento.
(Foro: Reprodução)

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?