Brasil Blogado » Variados » Como reconhecer uma nota falsa de 100 reais

Como reconhecer uma nota falsa de 100 reais

Saiba através deste artigo como identificar uma nota de 100 reais. Aprenda os procedimentos para discernir a nota verdadeira de uma falsa. Mais informações e dicas acompanhe no decorrer da matéria.

     

Atualmente uma das notas que está sendo mais sendo mais falsificada nesse meio é a de 100 reais. E você, caro leitor, deve estar atento quanto as notas que pegar. Acredito que você não sabe diferencia uma nota verdadeira de uma falsa. Se souber, que bom, continue atento e se não souber não tem problema por que o Brasil Blogado irá auxilia-lo nessa empreitada. 

Acompanhe e aprenda!

Como reconhecer

. Marca d´água: para que possa senti-la, segure a cédula contra a luz, olhando para o lado que contém a numeração. Observe na área clara, do lado esquerdo, a marca d´água, que vai estar variando desde tons claros ao escuro. No mais a figura que vai aparecer na marca d´água á a da República.

. Fibras coloridas: são pequenos fios espalhados ao longo de toda cédula, nas cores vermelha, azul e verde, que podem ser vistos em ambos os lados.

. Impressão em alto-relevo: fica nas figuras da República e da garoupa, as legendas “BANCO CENTRAL DO BRASIL” e “CEM REAIS”. Então, a tarja que tem a palavra “REAIS” e os números indicativos do valor da cédula (100) possuem relevo e podem ser sentidos com o toque.

. Fundos especiais: eles são formados por linhas retas e sinuosas extremamente finas que dão colorido em toda a cédula.

. Microimpressões: para que se possa conseguir ver esses detalhes é preciso de uma lupa. Com auxílio dela é possível ver letras como “B” e “C” na faixa clara junto da efígie (frente) e no interior do número 100 (frente e verso).

Se trabalha como caixa, tenha sempre uma lupa em mãos.

Se tiver tempo, verifique em sua nota todos os pontos citados no texto.
(Foto:Divulgação)
Fonte: http://www.palpitedigital.com.br/wp/2010/03/31/como-identificar-notas-falsas-e-evitar-prejuizos/

. Registro coincidente: deve ser visto contra a luz. Nele é possível ver o desenho das Armas Nacionais impresso em um lado e ele deve se ajustar exatamente ao desenho semelhante ao que se encontra no outro lado da cédula.

. Fio de segurança: é um fio vertical de cor escura embutido no papel, bem visível com nota contra a luz. Ele possui propriedades magnéticas que serve para leitura por equipamento eletrônico de seleção e contagem.

. Numeração: serve para identificar a cédula, pois não pode existir duas cédulas com a mesma numeraçãoSendo: 

* Série – é um conjunto de 100.000 cédulas de mesmo valor, que possui  as mesmas características gráficas. É indicada pelos cinco primeiros caracteres da numeração.

* Ordem – é a numeração sequencial da cédula dentro da série.  O número de ordem pode estar variando entre 000001 à 100000.

* Estampa – identifica as séries com características físicas e/ou gráficas iguais.

. Imagem latente: deve ser observado na parte frontal da cédula, mais precisamente no canto inferior esquerdo. Então, a coloque na altura dos olhos, na posição horizontal e sob luz natural abundante, que logo ficará visível as letras “B” e “C”.

. Marca tátil: são marcas impressas em relevo para auxiliar deficientes visuais, para que eles possam identificar a cédula. Cada nota possui a sua e no caso da nota 100 aparece três elipses. 

. Fibras luminescentes: são pequenos fios espalhados no papel que acabam se tornando visíveis na cor lilás quando são expostos à luz ultravioleta. 

. Micro chancelas: são as assinaturas do Ministro da Fazenda e a outra do Presidente do Banco Central do Brasil. 

Observação: além destes elementos, pede-se que sinta a textura do papel ao manuseá-lo. O material que compõe a nota é diferente do papel comum.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?