Brasil Blogado » Doenças » Crise de ansiedade aguda sintomas

Crise de ansiedade aguda sintomas

Sabemos da existência de vários tipos de ansiedade, logo, os seus sintomas também podem variar muito de acordo com cada um. Leia o artigo a seguir e confira quais são os acometidos pela ansiedade aguda e também como são feitas as ministrações de tratamento. Confira!

     

A palavra ansiedade é bastante complexa e possui diversos termos quando a tratamos, devido a isso pode-se dizer que é um fator ora bom, ora ruim. A grande maioria de suas causas estão relacionadas ao mal funcionamento do corpo e experiências de vida passadas, o que explica muitos dos seus sintomas, que por sua vez podem variar de acordo com o tipo de doença que se abate ao paciente.

No caso da ansiedade aguda que é uma condição psiquiátrica, essa se acomete em cerca de 2% da população, normalmente mais ativa nas mulheres, se destaca ao portador por incidências de medo e em seguida ataques de pânico que geralmente envolvem:

  • Tremores
  • Perda de controle
  • Suor
  • Falta de ar
  • Aceleramento do coração
  • Dor no peito

Além dos sintomas citados acima, a doença pode vir acompanhada de algumas comorbidades, como depressão, distúrbio bipolar, dormência emocional e etc. A pessoa que a possui pode também ficar facilmente assustada e tentar se esconder da sociedade e de qualquer outra pessoa apenas por medo.

O tratamento do quadro clínico consiste na necessidade de busca ao auxílio de um psiquiatra, esse deve diagnosticar sua situação de forma precisa.

Procure auxílio médico.

Créditos da Imagem: http://psicologos-evora.blogspot.com.br
(Foto Divulgação)

Realizados os procedimentos pedidos pela área médica, o clínico poderá indicar ao paciente que haja o acompanhamento psicológico e também o uso de medicamentos do tipo ansiolíticos e antidepressivos.  Essa ministração ocorrerá até que haja uma melhora significativa e o controle apenas por meio de relaxamento.

Ainda pode ser requerido mudanças no hábitos alimentares. O paciente nessas condições deve evitar alimentos como:

  • Açúcar refinado
  • Farinha branca
  • Alimentos ricos em carboidratos

Isso porque tais incidências podem aumentar o açúcar no sangue e trazer maiores transtornos.

Também é indicado que:

  • Não faça ingestão de bebidas alcoólicas
  • Não faça uso de fumos

Observação: Qualquer um desses elementos podem atrapalhar o tratamento. Por meio do tratamento adequado é possível que o portador consiga apresentar melhora dentro de seis meses e volte a ter uma vida normal.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?