Brasil Blogado » Gravidez » Cuidados nos primeiros meses de gestação

Cuidados nos primeiros meses de gestação

Leia o artigo a seguir, e descubra quais são os cuidados que se deve ter nos primeiros meses da gestação.

     

Na verdade os cuidados para com a gestação, deveriam se iniciar antes mesmo de se engravidar, ou seja, na fase pré-concepcional, pois assim, o obstetra poderia estar analisando os antecedentes obstétricos e genéticos do casal, levantando casos como de abortos recorrentes e também, os problemas de fundo genético, como a síndrome de Down. Contudo, como já foi ocorrido a concepção é o bebê já esta se desenvolvendo na barriga da mamãe, deve-se tomar muitos cuidados nos primeiros meses de gestação, mas precisamente, no primeiro trimestre, que é quando o bebê esta se desenvolvendo.

Então, a mamãe deve tomar o seu primeiro cuidado, que é ir ao médico obstetra e realizar todos os exames, ainda mais, se ela for Diabética, hipertensa, portadoras de problemas de tireoide ou de hipófise, pois  essas disfunções comprometem a liberação de hormônios essenciais para o crescimento das células, e pode até mesmo prejudicar o bebê. Todavia, outras complicações que podem prejudicar o bebê e até mesmo a formação da placenta, são: a toxoplasmose, rubéola e citomegalovirose, e outros.

No mais, tais sinais podem estar sendo encontrados por meio de dois exames, que são: o ultra-som morfológico e a translucência nucal. O primeiro permite detectar qualquer alteração estrutural do feto, como por exemplo: a ausência de órgãos e membros. Já a translucência, pode identificar com pequena margem de erro problemas genéticos, como a síndrome de Down. Enfim, é preciso sempre se ter vários cuidados dentro da gestação, ainda mais pelo fato de qualquer motivo poder levar a perda do bebê. Contudo, vejamos a seguir, algumas mudanças de hábitos e cuidados, que podem estar sendo levados em consideração, para com a gestação.

Mude seus hábitos.

Cuide de sua saúde e seu filho agradecerá.
Foto Reprodução

Cuidados e Mudanças de Hábito

. A suplementação com ácido fólico. Ele pode estar sendo encontrado em diversos alimentos, porém como ele é muito exigido pelo corpo, a mamãe além de ter que coloca-lo em sua alimentação, vai ter de consumi-lo em forma de medicação, que por sua vez, vai estar sendo passada pelo médico obstetra.  

. Imunização. Como a imunidade da mamãe vai estar baixa devido estar tendo que dividir os seus nutrientes e organismos com seu filho, ela vai ter de se imunizar contra algumas doenças, ou seja, o médico irá prescrever algumas injeções para que ela possa tomar, do tipo, hepatite B, rubéola, gripe e em caso de ter que fazer o parto cesária, uma antitetânica, também.

. Aferir frequentemente a pressão arterial, pois pode acontecer do caso, da mamãe ser ou ficar hipertensa durante a gestação. E fora isso, pede-se também, que se tenha o controle glicêmico, diabético e de quem possui a tendência de engordar, pois terão de fazer dieta, para não prejudicar o desenvolvimento do bebê. 

. Suspender o uso de analgésicos e antitérmicos, e somente usar aqueles que forem prescritos pelo médico que esta cuidando da gestação. 

. Que se evite os cremes que possuam ácido retinóico na fórmula, pois causam malformações.

. Que não faça nenhum tipo de uso, de drogas, seja ela bebida alcoólica, cigarro e outros. 

. Que elimine ou diminua significativamente o consumo de: cafeína, chá preto, refrigerantes à base de cola e até mesmo, os chocolates.

. Que seja adepta as atividades físicas, menos aquelas que provoquem alto impacto. 

. Que ingira alimentos, que contenha, ácido fólico, vitaminas do complexo B, B6, cálcio, ferro, zinco e fibras, e que se evite ao máximo o iodo, pois ele pode provocar inchaços e fazer subir a pressão arterial. 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?