Brasil Blogado » Saúde » Cuidados para evitar verminoses

Cuidados para evitar verminoses

Saiba neste artigo o que é verminose, quais os perigos e como prevenir? Resposta para estas e outras perguntas você acompanha no decorrer desta matéria. Confira!

     

Verminose é uma doença provocada por parasitas que vivem no interior do corpo do hospedeiro. Trata-se de um problema de difícil controle pelos órgãos públicos, que acomete o ser humano de forma irrestrita.

As consequências decorrentes destas doenças podem representar grandes danos ao individuo, por vezes até fatais. A prevenção é a forma mais segura e eficaz contra estas infecções. As orientações encontradas neste texto são de importância a todos. Fica o aviso de não se automedicar, procure um médico especialista e deixe com que ele ministre o caso realizando um diagnóstico preciso.

Cuide de você e de seus filhos.

Créditos da Imagem: http://nene.net.br/saude/seu-filho-esta-com-vermes-saiba-mais

Como se prevenir

A prevenção é a melhor forma de combater a verminose. Medidas podem ser aderidas, como:

>> Manter limpas as instalações sanitárias.

>> Lavar sempre as mãos e pulsos com sabão antes de qualquer refeição e após fazer necessidades biológicas; 

>>  Evitar andar descalço;

>> Manter as unhas das mãos e pés sempre limpas, não leva-las à boca principalmente os dedos das mãos. 

>> Beber água filtrada ou fervida;

>> Lavar e cozinhar bem os alimentos; 

>>  Lavar as mãos antes das refeições;

>> Lavar os utensílios domésticos com água potável;

São práticas simples que se ministradas de maneira correta, com certeza manterá longe os vermes. Mas se não houver consciência, tais vermes podem gerar grandes transtornos ao parasitado como  um quadro grave de infecção, assim como os sintomas que podem provocar:

>>  Náusea;

>> Sangramento intestinal;

>> Anemia; 

>> Perda rápida de peso;

>> Flatulência, dor ou desconforto abdominal, fezes volumosas e fétidas;

>> Febre alta, icterícia e até  insuficiência renal;

>> Em crianças há o retardo de crescimento e insuficiência cardíaca;

Adote práticas simples e saudáveis!

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?