Brasil Blogado » Variados » Disco Voador

Disco Voador

Saiba neste artigo o que é um disco voador, qual a sua definição e uma questão que intriga a humanidade – ” estamos mesmo sozinhos no universo ou estamos sendo observados?” Não deixe de ler essa interessante matéria. Acompanhe!

     

A expressão disco voador é traduzida do inglês flying saucer (‘pires voador’). Ela foi criada na década de 1940 com intuito de definir um objeto voador que possuía as características físicas semelhantes a pratos voadores que eram lançados ao ar por ocasião dos festejos do reveillon.

Porém, o tempo foi passando e tal expressão acabou ganhando outra definição, sendo ela a de um objeto voador de origem não terrestre. E para que se possa entender melhor tudo isso, o dicionário Michaelis trata a expressão UFO, de origem americana, com a tradução OVNI – Objeto Voador Não Identificado. 

No mais, a existência de discos voadores não é reconhecida publicamente pela maioria dos governos, mas já nas Forças Armadas o assunto é tratado com muita discrição, pois existem vários relatos de alguns profissionais do meio já terem visto e comprovado viram objetos não identificados pelo ares. Assim, como mostra esse vídeo. Apesar de não ter nada comprovado sobre a existência de tais objetos, muitas pessoas de lugares, culturas, classes sociais e profissões diferentes  já afirmaram terem visto discos voadores. 

Enfim, é muito comum que eles sejam confundidos com sondas e satélites artificiais de baixa órbita circular, incluindo aqueles usados para sensoriamento remoto e telefonia por satélite que circundam o Globo Terrestre. Sabe-se que 90% dos casos registrados são fraudes, 5% são confundidos com sondas, como escrito acima e os outros 5 % dos casos são um mistério. 

Nem sempre os objetos que são vistos em meio ao céu, são identificados, por isso,  recebe esse nome.

O Brasil é um dos países que mais possui relatos de vistas de ovni.
(Foto:Divulgação)
Fonte: http://daniel-eloi.blogspot.com.br/2011/02/ovni-interior-de-sao-paulo-disco-voador.html

Curiosidade

 Percebe-se que sempre haverá uma nota destacando as naves de estrutura metálica, não utiliza de combustíveis fósseis e muito menos possui algum tipo de rastreamento ou algo parecido. 

Quem estuda esse tipo de fenômeno são os ufólogos. São pessoas que dedicam parte de seu tempo para pesquisar e investigar informalmente o suposto fenômeno. 

Outros exemplos de objetos e fenômenos que frequentemente são confundidos com discos voadores são: sinalizadores de emergência, balões meteorológicos e de festas juninas, meteoritos entrando na atmosfera terrestre, nuvens lenticulares e lixo espacial entrando na atmosfera terrestre.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?