Brasil Blogado » Saúde » Fundamentos da circulação extracorpórea

Fundamentos da circulação extracorpórea

A técnica de circulação extracorpórea vem sendo muito utilizada nos dias atuais, a mesma é baseada em muitos fundamentos, leia o artigo e veja mais informações.

     

A C.E.C. (circulação extra corpórea) é utilizada em cerca de aproximadamente 80% das cirurgias cardíacas. Essa técnica é utilizada principalmente nos casos de cardioplegia (o coração precisa parar de bater), após feito todo o processo da técnica a cirurgia cardíaca pode ser realizada.

A prática da circulação extracorpórea consiste basicamente na simulação mecânica de princípios direcionados a fisiologia humana, sendo que isso está relacionado diretamente à respiração, balanços hidro-eletrolítico, circulação e ácido-base.

Nos dias atuais a C.E.C. ( circulação extracorpórea) evoluiu bastante, e vem mesclando a arte e ciência. Essa técnica além de estar presente nas sala de cirurgia cardíaca, também vem se expandindo para outros setores dos hospitais.

Através da técnica C.E.C. (circulação extracorpórea), o sangue venoso é desviado de alguns órgãos, tais como coração e pulmões. Esse sangue desviado chega no Átrio direito através de cânulas colocadas que são colocadas nas Veias Cava Superior e Inferior.

A partir de uma linha considerada comum, o sangue é levado até o oxigenador, no oxigenador o mesmo recebe oxigênio e faz a eliminação de gás carbônico, após esse processo o sangue é coletado para então ser reinfundido ao paciente.

Após reinfundido, o sangue passa para um ponto do sistema arterial do paciente, normalmente, a Aorta ascendente e é distribuído para todos os órgãos, onde o mesmo é capaz de ceder oxigênio e fazer a captação de gás carbônico. Em seguida o sangue retorna ao coração pelas Veias Cava Superior e Inferior, e dessa forma o ciclo é reiniciado.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?