Brasil Blogado » Saúde » Lentes para óculos

Lentes para óculos

Saiba através deste artigo quais os tipos de lentes mais utilizados na fabricação de óculos. Mais informações sobre o artigo você acompanha no decorrer da matéria.

     

Todos desejam um óculos perfeito, lentes adequadas, armação confortável e de qualidade, para que o usuário não tenha nenhum incomodo. E o assunto abordado nesta matéria será sobre elas, as lentos para óculos. No decorrer da matéria iremos orienta-los na escolha das lentes e os cuidados que devem ser tomados. Acompanhe!

Escolha das Lentes

As lentes tem papel fundamental na composição da armação de um óculos, atualmente há inúmeros materiais para o feito do mesmo. Porém, o primeiro aspecto que deve ser levado em consideração no momento da compra de uma lente é o material, pois ele pode ser mineral/cristal (vidro) ou resina (orgânicos/plásticos).

As lentes minerais (vidro) –  são utilizadas para corrigir miopias a partir de 8,00 dioptrias (graus).  Porém, elas estão entrando em processo de extinção, pelo fato de serem pesadas, quebrarem com facilidade e ameaçarem a segurança em alguma prática esportiva com o uso do óculos.  As lentes minerais são fabricadas em resina e possuem uma gama de composições orgânicas como o CR-39 ( ideal para pessoas que tem graduação até o nível 3), policarbonato ( trata-se de um material de alta resistência, sendo  12 vezes mais forte que o CR-39, portanto ele é indicado para pessoas que praticam atividades físicas. Além disso é um material leve e resistente, flexível assim como as resinas. )

Caso precise de um óculos com bom precisar  bom desempenho, espessura e resistência em armações fio de nylon ou parafusadas, as resinas de alto índice com antirreflexo são as mais indicadas. Então, basta pedir que sua lente seja de resina 1.67 com antirreflexo e no caso da marca, o cliente é quem decide.

 O formato, cor e valor serão discriminados no momento da compra. Além disso, o valor do óculos como um todo só poderá ser avaliado depois que o comprador apresentar a receita do médico oftalmologista, porque a ótica saberá os procedimentos corretos para a inserção do grau na lente do óculos.

Antes de comprar óculos novos, faça uma  consulta ao oftalmologista.

Usar óculos sem avaliação de um oftalmologista é deixar os olhos expostos a vários riscos.  
(Foto:Divulgação)

Enfim, para escolher um óculos deve ser levado em consideração o formato do rosto, cor preferida, o tipo do problema que precisa ser resolvido, o tipo de óculos (leitura ou de sol) e acima de tudo, o estilo. A dica é experimentar bem todos os óculos antes de comprar e lembre-se de fazer exames de vista a cada 6 meses ou 1 ano.

Cuidados

A primeira dica é ter uma capinha para deixar o óculos protegido quando não estiver usando. Por tanto, quando não for usa-lo, guarde-o. Fazendo isso você estará evitando que a lente trinque, quebre ou arranhe.

A segunda dica é deixar as lentes do óculos sempre limpos. Aquela flanelinha que vem na capinha é própria para limpar as lentes, pois ele não arranha como os outros, retira a gordura que vai acumulando e poeira.

A terceira dica pode ser usado no momento em que for limpar as lentes. Em baixo de uma torneira jogue um pouquinho de água na lente, deste modo irá retirar toda sujeira presente no óculos e depois é só secar com o paninho próprio do óculos.

Observação: Usar o óculos de outra pessoa pode fazer mal, pois cada óculos é fabricado com exclusividade para cada tipo de problema visual. Por tanto, utilizar óculos de outra pessoa há grandes chances de ter  visão comprometida.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?