Brasil Blogado » Saúde » Motivo da dor nos rins

Motivo da dor nos rins

Se você vem sentindo dor nos rins constantemente e ainda não sabe o motivo, confira nesse artigo as causas desse transtorno e como é realizado o tratamento.

     

É denominado como pedras nos rins ou cálculos renais as formações endurecidas que acometem as vias urinárias ou os rins, ocasionadas pelo acúmulo de cristais existentes na própria urina. Mesmo se fazendo presente no indivíduo, por vezes a doença não apresenta nenhum tipo de sintoma, mas em alguns quadros, proporciona muita dor na parte lombar da coluna.

Esse transtorno pode se dar em indivíduos de todas as idades (principalmente naqueles que não se hidratam adequadamente, isto é, que não bebem a quantidade diária de água indicada para o bom funcionamento do seu sistema), indicando vários tipos de enfermidades. As dores costuma se manifestar ou do lado direito ou esquerdo, porém, em alguns pacientes, pode chegar a atingir ambos locais com muita intensidade por alguns minutos, provocando uma extrema sensação de alívio posteriormente.

Dor nos rins: causas, sintomas, tratamento e prevenção.

Representação da localização dos rins no corpo.
(Foto: Reprodução)

Causas

Os mais relevantes fatores interligados ao aparecimento das pedras nos rins são alterações anatômicas, obstrução das vias urinárias, volume insuficiente de urina, distúrbios metabólicos do ácido úrico ou da glândula paratireóide, grande quantidade de cálcio, oxalatos, cistina, fosfato ou falta de citrato.

O que provoca a dor nos rins?

» Pancadas;
» Problemas na coluna;
» Presença de pedra nos rins;
» Tumor no rim;
» Inflamação ou infecção dos rins;
» Dores musculares;
» Cistos;
» Rim policístico;

Sintomas que podem vir a acompanhar a dor nos rins

» Náuseas;
» Vômitos;
» Falta de urina;
» Calafrios;
» Febre;
» Aumento da pressão arterial;
» Inchaço generalizado;
» Urina com sangue ou espuma;

Diagnóstico

Os procedimentos utilizados para a constatação da enfermidade se dá através de anamneses, exames de raio X do abdômen, urografia excretora ou ultrassom.

Tratamento

Os procedimentos utilizados para o tratamento são: repouso, aplicação de compressas quentes no local, injeções com medicamentos, processos cirúrgicos para a retirada das pedras ou do rim. A variação de qual método será utilizado se dará de acordo com as respostas obtidas no diagnóstico pelo médico nefrologista responsável pelo quadro do paciente.

Prevenção

» Beba de 2 à 3 litros de água por dia de forma fracionada;
» Controle o consumo de alimentos ricos em cálcio, sódio e proteínas de origem animal;
» Aumente o consumo de alimentos ricos em potássio;
» Realize atividades físicas regularmente;

Aviso

Esse texto é apenas um informativo. Caso necessite de mais informações ou esteja sentindo algum dos sintomas descritos acima, procure ajuda médica rapidamente, para que o organismo não sofre outras complicações.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?