Brasil Blogado » Animais » Porco Espinho

Porco Espinho

O porco-espinho está classificado na categoria de espécie ameaçada de extinção, mesmo que esse animal seja encontrada em diferentes regiões do país, não é recomendável sua captura para domesticação.

     

O famoso porco-espinho faz parte da família Coendou prehensilis, o que representa oficialmente o seu nome científico. Seu tamanho normal é de 54 cm de comprimento e um peso equivalente a 4kg. Os pelos duros bastante modificados desse animal podem alcançar em média cerca de 10 cm e estão presentes na cabeça, pernas e na parte anterior da cauda.

animal

Coendou prehensilis

A região ventral do corpo do porco-espinho é mais clara que a dorsal, recoberta de espinhos macios e pequenos. Já a sua cauda é longa e capaz de se prender em galhos de árvores, por exemplo, com a tamanho de 30 a 57 cm, com a parte posterior nua e a anterior espinhosa.

O comportamento social do porco-espinho é bastante curioso, ele costuma ser solitário, e apenas sai à noite ou no período do crepúsculo somente se for em busca de algum alimento. No período diurno, ele descansa de preferência no alto das copas das árvores ou em troncos ocos, onde faz de abrigo.

Seus movimentos são bem lentos, mas pode se movimentar com agilidade nas árvores, usando sua cauda para se prender aos galhos e se mover, mesmo porque está bem adaptado a esse ambiente. Sua alimentação se resume no consumo de cascas de árvores folhas, sementes de frutos e cocos.

mamífero

Filhote de porco-espinho

A reprodução do porco-espinho acontecer após uma gestação que dura de 195 a 210 dias, nascendo apenas um ou dois filhotes, este podem ter um peso aproximado de 390g. Durante 70 dias, o filhote é alimentado diariamente pelos pais até que se mantenha sozinho. As partes superiores de seu corpo são cobertas com os espinhos mas com uma base de coloração amarelo pálido ou coloração branca, com as pontas marrom ou preto.

Apesar de a longevidade média de 10 anos, e pode ser encontrado em diferentes regiões do país, o porco-espinho está classificado na categoria de espécie ameaçada de extinção. Seus maiores predadores são as jaguatiricas e outros felinos selvagens. É recomendável que as pessoas não os adquiram para mantê-los como animais domésticos, mesmo porque precisam dar continuidade a espécie e também podem oferecer riscos de vido a quantidade de espinhos que possuem no corpo.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?