Brasil Blogado » Doenças » Quadros depressivos mais preocupantes

Quadros depressivos mais preocupantes

A depressão pode ter vários quadros clínicos, saiba quais são seus tipos e como eles são caracterizados. Clique aqui e receba maiores informações!

     

A depressão é um distúrbio afetivo que vem acompanhando a história da humanidade há alguns anos. No sentido patológico, ela pode estar associada a tristeza, pessimismo, baixa autoestima e outros meios que confundem seu portador. Devido a isso, é imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico, quanto para o tratamento, somente por meio deles é que se poderá obter a cura.

Para diagnosticá-la é preciso contar com o auxílio de um médico psicólogo ou psiquiatra. Somente um profissional dirá quais são os sinais transpassados pelo paciente e logo fará o laudo onde conterá informações sobre seu quadro. Dentro desse quadro o portador pode se encontrar em diversas situações, porém seus tipos mais preocupantes são o transtorno depressivo maior e a distimia.

Ajude e cuide de quem tem.

Depressão tem cura, mas pode matar.
(Foto Reprodução)

O transtorno depressivo maior é caracterizado pela combinação de sintomas que impedem um paciente de fazer suas atividades cotidianas e aproveitar os prazeres da vida. Contudo, o diagnosticado pode se estabilizar e viver normalmente. Embora seja mais comum sua recorrência, poderá apresentar o problema apenas uma única vez.

Já a distimia é caracterizada por sintomas a longo prazo (dois anos ou mais). Eles podem ser menos intensos e não dificultarem a vivência de quem possui, mas serão contínuos. A distimia pode aparecer mais de uma vez na vida, sabendo disto o paciente deve fazer consultas e exames periódicos.

Outros tipos de depressão

Alguns tipos de depressão apresentam as características já descritas acima, ou podem se desenvolver sob circunstâncias particulares.

» Depressão psicótica: Severa e acompanhada de psicose, ocorre um rompimento com a realidade, fazendo com que haja sofrimento com delírios e alucinações.

» Depressão pós parto: Atinge as mulheres grávidas logo após o nascimento do bebê ou dentro do prazo de um mês.  Traz consigo sintomas de tristeza, baixo autoestima, entre outros.

» Transtorno afetivo sazonal: Caracterizado pelo aparecimento de uma doença depressiva em meio ao inverno quando não se tem luz natural em abundância. Devido ao seu meio de ataque, pode desaparecer com a chegada da primavera.

» Transtorno bipolar: Também é conhecido como doença maníaco-depressiva, não muito comum como a distimia e o transtorno depressivo maior. Contudo, bem caracterizado por alterações cíclicas de humor, que no caso podem ir desde um uma leve euforia à depressão intensa.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?