Brasil Blogado » Saúde » RISCO CIRÚRGICO

RISCO CIRÚRGICO

Neste artigo RISCO CIRÚRGICO tem informações com perguntas e respostas sobre risco cirúrgico.

     

risco cirurgico 300x257

Quando falamos em risco cirúrgico podemos ter algumas duvidas em relacionadas o a esse temas vejamos algumas perguntas e respostas para entendermos melhor sobre o risco cirúrgico.

O que é risco cirúrgico?

Podemos estar falando dos exames que são pedidos antes de uma cirurgia para descartas as possibilidades de risco relacionados a doenças pré existentes, ou sobre a quantidade de risco que envolve a cirurgia.

Quando é pedido exames de risco cirúrgico?

Toda cirurgia que precisarmos fazer desde as cirurgias estéticas até as mais graves são necessários exames para saber as condições gerais do paciente, casos estremos como as cirurgias de emergência podem diminuir a quantidade de exames pedidos no risco cirúrgico.

Quais exames são feitos no risco cirúrgico?

Geralmente são feitos exames de sangue tipo hemograma completo, colesterol, glicose, exames de coração como eletro cardiograma e também e necessário a avaliação de um cardiologista para a interpretação do eletro cardiograma, raio x de tórax entre outros exames que o médico pedir.

Quem avalia o risco cirúrgico?

A avaliação do risco cirúrgico é feito primeiramente pelo cardiologista depois a avaliação é feita pelo cirurgião que ira realizar o procedimento cirúrgico.

Quais doenças aumenta o risco cirúrgico?

Doenças cardíacas, diabetes, HIV, são um risco para a recuperação do paciente as infecções em geral aumentam o risco de vida em uma cirurgia.

Por que fazer o risco cirúrgico?

Devemos realizar os exames para que caso tenhamos algo que possa causar problemas durante o procedimento cirúrgico a equipe médica já esteja ciente de todos os medicamentos que podemos tomar e possa antecipar o acontecimento de problemas evitando que o risco de vida do paciente seja aumentado, exemplo pacientes que tem diabetes não devem fazer o uso de soro glicosado e sem os exames feitos no risco cirúrgico podemos não saber que somos diabéticos.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?