Brasil Blogado » Doenças » Sinais e Sintomas da Gonorreia

Sinais e Sintomas da Gonorreia

Veja neste artigo os principais sinais e sintomas de uma pessoa que está com gonorreia. Saiba como é realizado o diagnóstico e tratamento da doença. Acompanhe!

     

A gonorreia é uma doença sexualmente transmissível acometida através da bactéria Neisseria gonorrhoeae. Essa doença pode atingir qualquer pessoa.

A bactéria cresce em áreas quentes e úmidas do corpo, incluindo a uretra (nos homens) canal que leva a urina para fora do organismo. Já no caso das mulheres, a bactéria pode ser encontrada no sistema reprodutor incluindo as trompas de falópio, útero e o colo do útero. No mais, ela também pode se desenvolver até mesmo nos olhos. 

Sintomas

Os sintomas da infecção geralmente surgem do segundo para o quinto dia após o contagio. No entanto, em alguns homens o aparecimento dos sintomas podem demorar cerca de um mês.

Sintomas da gonorreia provocados nos homens:

. Ardência e dor ao urinar;

. Aumento na frequência ou urgência em urinar;

. Corrimento no pênis de coloração branca, amarela ou verde;

. Vermelhidão ou inchaço na abertura do pênis;

. Testículos doloridos ou inchados;

. Dor de garganta;

Sintomas da gonorreia provocadas na mulher:

. Corrimento vaginal;

. Ardência e dor ao urinar;

. Aumento na frequência urinária;

. Dor de garganta;

. Dor durante o ato sexual;

. Dor na parte inferior do abdômen; 

. Febre mediana;

dst2

A gonorreia pode acometer tanto homens quanto mulheres, mas no sexo feminino a doença se faz mais presente pelo fato de os sintomas serem mais fortes.
(Foto Divulgação)

 

Diagnóstico

Ao perceber os sintomas o individuo deve procurar ajuda médica. O quadro clínico do paciente deve ser analisado de perto para que se possa ter um diagnóstico preciso da doença. No hospital o paciente fará a identificação por meio da observação de uma amostra de tecido ou corrimento no microscópio. Apesar de não ser o modo mais rápido. 

E além disso, o médico pode estar pedindo os seguintes exames para saber a procedência e o grau em que a doença se encontra:

. Exames de coloração de Gram.

. Culturas: 

  • Cultura endocervical em mulheres;
  • Cultura do corrimento uretral em homens;
  • Cultura do esfregaço da garganta em homens e mulheres;
  • Cultura retal em homens e mulheres;
  • Cultura dos fluidos em conjunto;
  • Culturas de sangue;

. Papanicolau

Tratamento

O tratamento deve haver dois objetivos pelo fato da doença ser sexualmente transmissível. O primeiro objetivo será a cura do portador e o segundo, localizar os indivíduos que estão transmitindo a doença, para que eles possam receber o devido tratamento.  

E dentre as prescrições médicas para obter a cura dessa doença encontra-se a vacina de hepatite B e a HPV, caso seja menor de 26 anos.  Também é prescrito antibióticos que podem variar de acordo com a necessidade de cada portador. Por tanto, não pode haver a automedicação. Além disso, pede-se o acompanhamento médico durante os sete dias de tratamento, que serve para ter uma analise minucioso   dos remédios e do surgimento da infecção.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?