Brasil Blogado » Amor » Sintomas de Amor Platônico

Sintomas de Amor Platônico

O Amor Platônico é um amor feito de idealização e também de fantasias, que apresenta sintomas como: interesse repentino mesmo sem conhecer a pessoa, quase todas as circunstâncias se tornam propicias para lembrar e relembrar a pessoa, ter uma certa necessidade de ser notado (a) pela outra pessoa dentre alguns outros.

     
Sintomas de Amor Platonico

O Amor Platônico é um amor feito de idealização e também de fantasias.

O amor platônico, é classificado como uma espécime de relacionamento/amor que nunca se concretiza. O amor platônico também é definido como um amor à distância, amor que não se aproxima e ou/não está suficientemente próximo, amor que não envolve, não toca é um amor feito de idealização e também de fantasias, cujo o objeto do amor é o ser perfeito, considerado sem defeitos e detentor de todas as boas qualidades.

Além do amor platônico, o amor ainda é definido nas seguintes formas: amor materno, amor físico, amor a vida e amor a Deus.

Assim como o amor físico, o amor materno e os outros tipos de amor, o amor platônico também apresenta diversos sinais e sintomas bastante característicos. Dentre os sinais e sintomas do amor platônico, destacam-se:

1° SintomaInteresse Repentino
Ao olhar para uma pessoa, repentinamente surge um interesse pela mesma, mesmo sem conhecer, ou mesmo estando vendo o mesmo pela primeira vez. E mesmo não sabendo nada sobre a pessoa, a acha incrível, interessante e sem defeitos.

2° SintomaPensamentos quase obsessivos
A todo momento se pega pensando na pessoa, quase todas as circunstâncias se tornam propicias para lembrar e relembrar a pessoa. Fazendo com que os pensamentos se tornam quase obsessivos.

3° SintomaNecessidade de se fazer notada
Com o passar do tempo, a pessoa que está com o sentimento de amor, passa a ter uma certa necessidade de ser notado (a) pela outra pessoa. Embora muitas vezes haja a falta de coragem de se aproximar.

4° Sintoma Começo da falta de esperança
Nos casos de amor platônico, a aproximação quase nunca acontece. Dessa maneira é raro esse tipo de sentimento e relacionamento sem reciprocidade evoluir. Dessa forma o “tal amor platônico” vai se acabando, o encanto vai se perdendo até que a pessoa começa a desencanar desse amor. Embora, sempre reste a esperança do “e se desse certo”, o que geralmente motiva com que a pessoa continue cultivando esse amor sem reciprocidade.

5° SintomaAusência do amor platônico e fim do mesmo
Os amores platônicos, normalmente, passam com a mesma velocidade com que chegam, se vão sem nenhuma explicação aparente, e antes mesmo que perceba, a pessoa que estava “amando” passa a se relacionar com outras pessoas.

Curiosidade
“Platônico” vem de Platão, essa definição é existente porque o filósofo grego, Platão acreditava na existência de dois mundos, sendo – o mundo das ideias, onde tudo seria eterno e perfeito, e o mundo real, imperfeito e finito.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?