Brasil Blogado » Cachorro » Sintomas de raiva canina

Sintomas de raiva canina

Além dos cães, os gatos e morcegos, também apresentam alto risco de transmissão da raiva, portanto é importante vacinar cada uma das espécies seguindo as recomendações das autoridades de vigilância e saúde.

     

A raiva canina é considera uma das principais Zoonoses, ou seja, a doença capaz de ser transmitida de um animal vertebrados e o homem. É extremamente contagiosa que repercute em consequências seríssimas. Essa doença é causada pelo Rhabdovirus, um tipo de vírus competente para atingir de maneira letal o sistema nervoso do indivíduo contaminado.

Cachorro com raiva

A transmissão do vírus para o ser humano se dá através da saliva contaminada do animal, seja a partir de mordidas, arranhaduras ou mesmo de lambidas do cão infectado. Os sintomas da doença vão surgindo gradualmente, e em cada período também são notados os efeitos negativos do vírus.

cão com raiva

O período de encubação do vírus após a mordida é de 20 a 60 dias.

De forma geral, a doença se caracteriza por perturbações nervosas de origem cerebral e medular, a excitação, a depressão, a paralisia e finalmente a morte do animal. Os sintomas podem ser divididos nas seguintes fases:

Fase precursora:

  • O animal começa a ficar ativo, nervoso e assustado.
  • Sua pupilas se mantém dilatas e ele adquire salivação excessiva e um mais latido agudo.
  • Seu andado fica apresenta rigidez, além disso a musculatura facial ganha maior contração.

Fase raiva furiosa:

  • Irritabilidade aumentada
  • Dificuldade em comer
  • O cão fica agressivo e violento, a boca começa a espumar a saliva.
  • Os pelos das costas ficam arrepiados e os olhos faiscando.

Fase paralítica:

  • O cão não fica irritadiço e raramente morde.
  • Começa uma paralisia ascendente dos membros.

Nos seres humanos, os sintomas são semelhantes, porém há mais enfoque a aerofagia, que na verdade é a grande sensação de falta de ar ou estrangulamento, causada pelos espasmos da faringe, o medo excessivo de água, insônias, hipersensibilidade e a sensação de angústia.

doença tem caráter incurável, e ainda não existem qualquer tipo de tratamento específico. A única coisa a ser feita é a utilização de medicamentos para aliviar os sintomas do paciente. Por isso é imprescindível que os donos de cachorros vacinem anualmente seus bichos contra a raiva.

Em caso de acontecer uma mordida de um cão com esses sintomas é importante ir imediatamente ao médico especialista. Lembrando que além dos cães, gatos e morcegos, equinos, bovinos, caprinos e ovinos também apresentam alto risco de transmissão da raiva, mas também podem ser vacinados seguindo as condições de cada espécie.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?