Brasil Blogado » Saúde » Sintomas de raiva

Sintomas de raiva

A cura da doença da raiva é quase impossível, porque a mesma atinge diretamente os órgãos vitais, cérebro, coração e os pulmões, uma vez acometidos, possuem dificuldades em funcionar corretamente mesmo com um tratamento.

     

A doença da raiva é caracterizada como uma zoonose viral proveniente de mamíferos, que são infectados pelo vírus, atingindo todo o sistema nervoso central, como consequência pode vir a acometer uma encefalopatia e até mesmo a morte. A transmissão da raiva ocorre a partir do contato direto com a saliva infectada, arranhões, pele ou mucosas, e principalmente pela mais comum que é por mordedura.

Na infecção primária, o vírus entra na fase de eclipse, ou seja, não pode ser identificada de imediato pelo hospedeiro. Esse período de incubação pode se estender por vários dias e meses, fase essa em que o vírus ataca os nervos periféricos, agravando gradualmente a doença. Logo afeta o sistema nervoso central, através dos nervos sensoriais e motores.

vacinação

Quando os sinais clínicos da raiva aparecem, a doença é quase sempre fatal.

A disseminação do vírus no sistema nervoso central acontece de forma rápida e por causar infecção cerebral surte as clássicas alterações de comportamento. Os sintomas da raiva são semelhante, mas se diferem dependendo do tipo de cada animal, bem com do ser humano. No entanto, algumas manifestações são comum a todos – dificuldades para engolir, salivação abundante e mudança de hábitos alimentares.

Raiva humana
Sintomas:

  • Apresenta curto período de depressão mental;
  • Inquietação;
  • Sensação de mal-estar;
  • Febre;
  • Agitação descontrolada;
  • Alterações na sensibilidade;
  • Queimação, dor e formigamento no local da mordedura.
  • Espasmos musculares dolorosos da garganta e da área vocal;
  • Paralisia generalizada;
  • Morte dentro de 10 dias devido à obstrução nas vias respiratórias, esgotamento e convulsões.

Raiva canina e felina – furiosa
Sintomas:

  • Agitação;
  • Anorexia;
  • Agressividade;
  • Falta de coordenação motora;
  • Paralisia dos músculos da deglutição e mandíbula ;
  • Latido bitonal;
  • Morte por convulsões e paralisia.
Raiva canina

Os animais devem ser vacinados preventivamente para evitar as complicações do vírus da raiva.

Raiva bovina – paralítica
Sintomas:

  • Sintomatologia inespecífica;
  • Inapetência;
  • Lacrimejamento;
  • Isolamento do rebanho;
  • Andar cambaleante;
  • Contrações de musculatura do pescoço;
  • Dificuldade de deglutição;
  • Paralisia;
  • Duração da doença: 2 a 5 dias, podendo chegar a 10.

A sobrevivência de animais é quase impossível, já de humanos infectados pode ser mantida através de cuidados intensivos que fazem o controle dos sintomas que afetavam principalmente o coração, o cérebro e os pulmões. Porém, com o aparecimento dos sintomas, não há vacina que atue contra a doença, a melhor forma de prevenir os problemas da raiva é manter a vacinação antirrábica atualizada.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?