Brasil Blogado » História » Tema da vencedora do carnaval do RJ 2014

Tema da vencedora do carnaval do RJ 2014

Se você ainda não sabe qual foi o tema da escola de samba campeã do Rio de Janeiro deste ano, confira a seguir e leia a matéria.

     

O Carnaval teve inicio na  Grécia, porém chegou aos brasileiros através dos europeus.

 E foi no meio dos donos de terreiros e boêmios, que tinham gosto pela alegria e diversão, meio a qualquer pessoa, que surgiu o carnaval que vemos hoje.

A Unidos da Tijuca, mantém como cores representantes o azul e o amarelo.

Bandeira da escola de samba Unidos da Tijuca.
(Foto Reprodução)

Mas, não vamos falar disso, vamos além. Iremos abordar sobre a vencedora do desfile das escolas de samba do estado do Rio de Janeiro. A escola de samba, Unidos da Tijuca, invadiu a praça da Apoteose, com o enredo e tema: Acelera Tijuca. A escola homenageou um dos maiores ídolos de todos os tempo, Ayrton Senna.

A Unidos da Tijuca foi a grande  campeã do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro. Para se sagrar-se campeã, ela obteve  299,4 pontos, rendendo-lhe o terceiro título, em um intervalo de cinco anos apenas.

Dentre as escolas de samba do grupo especial, a Unidos da Tijuca foi a última a desfilar, por volta das quatro horas da manhã e terminou às cinco e trinta e seis, da terça feira. E nesse tempo ela mostrou 3 mil e 600 componentes em 34 alas. Entrou em cena todos os desenhos que representavam a corrida automobilística e grandes ídolos já imortalizados como Ayrton Senna.

E devido a isso, era possível ver um filme nostálgico se passando meio ao brilho dos olhos de cada um que estava presente ali. Imaginem, só vocês: o Speed Racer, Ligeirinho, Papa Léguas, Sonic, The Flash, Penépole Charmosa, Dick Vigarista e dentre outros. Pilotos e invenções do homem, em meio a Sapucaí.

Veja o quão rápido são os personagens apresentados pela escola de samba, campeã do ano  de 2014, no Rio de Janeiro.

Não se trata apenas de desenhos, criações e ídolos, mas sim, de toda uma história.
(Foto Reprodução)

E para consagrar, tudo que estava ali, a rainha de bateria, Juliana Alves, não fez feio,  mostrou todo charme, exuberância e malemolência que uma brasileira tem. E para acompanha-lá, os integrantes da bateria, se fantasiaram de mecânicos, o que por sua vez, mostrou a todos que qualquer um pode conseguir concertar os erros, que já causou.

Ela mostrou ao público o bom somba no pé e o porque de ter sido escolhida por seus colegas de escola.

Madrinha de bateria, Juliana Alves- Foto Reprodução

Enfim, o que realmente mais emocionou o público, foi a homenagem feita ao corredor de fórmula 1, Ayrton Senna. Eles mostraram ao público a sua trajetória, desde o início até a sua morte. E mais, mostraram á todos o quão sábio e veloz ele era e a falta que ele fez e faz nestes vinte anos de ausência. Mas presente na memória de todos os brasileiros.

Por meio desse tema, eles tentaram mostrar que a pressa pode ser inimiga da perfeição, mas que, se feita com agilidade e da maneira correta, pode-se chegar aonde nem se imagina. No caso deles, a vitória e respeito de muitos.

Acelera Tijuca, era o tema principal da escola de samba.
( Foto Reprodução)

 

 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?