Brasil Blogado » Variados » Tipos de estrutura organizacional administração pública

Tipos de estrutura organizacional administração pública

A estrutura organizacional da administração pública é bem simples de se entender, o que se deve prestar atenção é em suas divisões dentro do organograma. Se não compreendeu, esclarecemos suas dúvidas através deste artigo.

     

Essa matéria pode ser encontrada dentro da área de gestão de pessoas, ditamos isso pelo simples fato dela envolver como um todo todos aqueles elementos que compõe a organização. Uma vez que, são as pessoas que fazem ela se movimentar e chegar ao objetivo final.

E por mais estranho que pareça, ela não é diferente de uma organização comum. Por tanto, pode ficar tranquilo, pois ela não é nenhum monstro de sete cabeças. A estrutura organizacional de maneira geral, se trata do modo como as ações, no caso as atividades da empresa ou local, vão ser definidas, dividas, organizadas e coordenadas.

E para que isso aconteça é necessário envolver dentro desse meio, toda a parte: física, humana, financeira, jurídica e administrativa do negócio. E para que nenhuma área se envolva na outra é preciso estabelecer um planejamento, por meio de estruturas, que por sua vez podem estar sendo:

> Estrutura Formal: é representada por um organograma é pode se desenvolver por diversas áreas. Fazendo com que o quadro de funcionários sempre esteja em constate mudança. É o caso da administração pública.

A administração pública possui suas áreas, por tanto, logo ela vai ter vários organogramas.

Organograma de administração direta pública.
( Foto Reprodução)

 

Observação: não se esqueçam que existe três tipos de organizações dentro da área pública, que são a administração direta e indireta e as atividades paraestatais, por tanto, saiba dividi-las.

> Estrutura Informal: se trata das relações sociais, que vão sendo adquiridas por meio formal. Ela é instável, não dá para controlar tanto quanto a outra. Por tanto, não pode ser colocada na área administrativa, pois, caso aconteça, o número de seu quadro não terá limites, e a administração de cada setor não conseguirá controlar tudo como deve.

Atenção: A estrutura informal pode acabar acontecendo, pois a final de contas, é necessário buscar algumas parcerias, para que certas atividades abertas ao público possa vir acontecer.

E além dessas duas podemos ainda, encontrar a estrutura: linear,  linear staff, funcional, por projetos, colegiado e por fim, a matriarcal, que por sua vez, também não será aplicada na estrutura organizacional de uma administração pública, pelo fato de não pode ser bem controlada e planejada.  Elas simplesmente vão acontecendo de acordo com o tempo.

Observação: os demais também podem estar sendo representados por meio de organograma, porém, estarão em constante mudança. No mais, sempre que falarem dessa área,  lembrem-se do organograma na vertical, pois ele sempre vai conter ligações e espaço para um novo cargo.

Enfim, a administração de qualquer local que seja público vai depender de todo um planejamento, pois vai ser por meio dele, que vai ser possível utilizar as estrategias caso preciso. Por tanto, podemos concluir que a estrutura organizacional tem de ser formulada com base na estrutura formal, pois ela sim, irá proporcionar suporte e organização á toda administração.

Adm. Pública- Foto Reprodução

Administração Pública.
( Foto Reprodução)

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?