Brasil Blogado » Variados » Investimento Tesouro Direto: como investir

Investimento Tesouro Direto: como investir

Veja como investir no Tesouro Direto. Aprenda de forma rápida e fácil os segredos dos grandes investidores do Tesouro Direto. Aumente seus rendimentos.

     

No ano de 2002, o Tesouro Nacional em parceria com a BM&FBOVESPA criou o Tesouro Direto, um tipo determinado programa de venda de títulos públicos através da internet, direcionado a pessoas físicas. Trata-se portanto de um investimento de renda fixa, que possa garantir tranquilidade e segurança aos seus aplicadores, podendo ainda ser subentendido como uma oportunidade de criar poupança a longo prazo.

Programa e Formas para Investir no Tesouro

Entre os diferenciais do programa, está no valor do investimento que escolhido de acordo com as necessidades e cada pessoas, o que lhe permite iniciar com valor mínimo de R$ 30,00 ou 10% do valor do título. Essa é a média para compras normais, para compras programadas, pode-se investir somente 1% do valor do título. Antes de optar pela compra, é preciso conhecer os dois tipos de títulos públicos que são oferecidos – pós-fixados e prefixados.

Os títulos pós-fixados não apresentam rentabilidade definida no momento da compra e ainda se difere entre Letras Financeiras do Tesouro (LFTs ) Notas do Tesouro Nacional Série B(NTN-Bs) e Notas do Tesouro Nacional – Série B (NTN-Bs Principal)e ambas possuem vínculo com à taxa de juros básica da economia (Selic) e/ou à variação do IPCA. Já os títulos pré-fixados, o investidor pode ter a rentabilidade definida no momento em que fizer a sua compra.

Entendendo a Sopa de Letrinhas (LTNs)/(NTN-Fs)…INVESTIMENTO TESOURO DIRETO

Divididos entre as Letras do Tesouro Nacional (LTNs) e Notas do Tesouro Nacional – Série F (NTN-Fs), os títulos garantem o valor exato a receber no prazo de seu vencimento e ainda pode-se obter a remuneração dentro de um período de a cada seis meses. O investidor pode realizar o processo de compra por uma ou várias das opções de títulos, que estejam de acordo com suas necessidades e preferências, respeitando toda a regulamentação, de maneira simples e prática.

Como investir

Para realizar o investimento, é preciso acessar o sistema do Tesouro Direto (https://www.tesouro.fazenda.gov.br/pt/tesouro-direto) e ou site de uma instituição financeira – bancos, corretoras entre outros de preferência. É feita a escolha dos títulos disponíveis para compra, onde também se pode observar o valor da compra ajustado pela quantidade de títulos desejada. Em seguida a proposta e cadastramento é encaminhado a um agente de custódia que irá analisar e habilitar o investidor para que o mesmo acesse as operações do Tesouro Direto.

Normalmente, as instituições informam tudo sobre as notícias do investimento, bem como a data dos depósitos. Através do sistema, o investidor poderá realizar diferentes operações, como verificar todos os agendamentos feitos, consulta, cancelamento e até mesmo alterações. De acordo com o Tesouro Nacional, o limite financeiro máximo para compras mensais desses títulos públicos é de R$ 1.000.000,00, de igual recomendação tanto para as compras tradicionais quanto para as programadas.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?