Brasil Blogado » Saúde » Pedra nos rins

Pedra nos rins

As pedras nos rins são bastante incômodas e podem provocar vários danos à saúde humana. Compreenda nesse artigo como essa enfermidade se manifesta no organismo e veja quais os métodos são utilizados para o seu tratamento e prevenção.

     

 

As pedras nos rins, denominadas também como cálculos renais, correspondem a pequenos cristais formados por uma massa sólida que podem vir a se alojar nos rins, nos ureteres ou em ambos ao mesmo tempo. A sua quantidade varia de acordo com o quadro de cada indivíduo.

A formação dessas alterações se dão devido ao acúmulo excessivo de algumas substâncias presentes na urina, que podem vir a representar muitos danos à saúde quando o corpo se encontra desidratado. É considerada como uma enfermidade comum, podendo afetar pessoas de qualquer sexo ou idade.

Causas

Cálculos renais: causas, sintomas, tratamento e prevenção

Sintoma: dores que irradiam da barriga até a lateral das costas.
(Foto: Divulgação)

» Hereditariedade;
» Falta de água no organismo (desidratação);
» Defeitos no túbulo renal;
» Obesidade;
» Problemas intestinais;
» Nascimento prematuro;

Tipos de cálculos

» Cálculos de cálcio: são os episódios mais comuns, se dando com mais frequência em homens e mulheres que tenham entre 20 à 30 anos de idade;
» Cálculos de cistina: se trata de uma particularidade renal, hereditária, que atinge homens e mulheres que possuem cistinúria, tenham eles qualquer idade;
» Cálculos de estruvita: são comuns em mulheres que possuem infecções no trato urinário;
» Cálculos de ácido úrico: são mais comuns em homens, podendo vir a estar interligados com a quimioterapia ou a gota;

Sintomas

» Febre;
» Náuseas;
» Vômitos;
» Calafrios;
» Dores que irradiam da barriga até a lateral das costas;
» Dores que vão da virilha até os testículos;
» Urina com tonalidade anormal;
» Sangue na urina;

Diagnóstico

A observação clínica e alguns exames, como nível de ácido úrico e urinálise, são os principais métodos utilizados para constatar a doença.

Tratamento

O tratamento irá será de acordo com a quantidade de cálculos presentes no organismo, o seu tipo, a gravidade do quadro e as condições físicas do enfermo. O principal foco de todos os procedimentos serão aliviar os sintomas que estão aparentes e evitar o aparecimento de outros.

Os métodos utilizados para o tratamento variam entre a mudança no estilo de vida, o ministramento de remédios, cirurgias, litotripsia, nefrolitotomia e ureteroscopia.

Observação: através da realização correta do tratamento, as pedras poderão ser removidas, porém, tendem a reaparecer, com mais frequência nos pacientes onde a causa do surgimento dos cálculos não foram constatadas.

Prevenção

» Beba bastante água diariamente, principalmente em dias quentes, quando realizar exercícios físicos e se tiver histórico da enfermidade;
» Uso de medicamentos para evitar o aparecimento de novos cálculos;
» Alteração da dieta alimentar para prevenir o reaparecimento dos cálculos;

Complicações possíveis

» Lesões nos rins;
» Obstrução do ureter;
» Recorrência de cálculos;
» Diminuição ou perda do rim afetado;
» Infecção do trato urinário inferior.

Atenção

Todas as informações descritas acima servem apenas como fonte de pesquisa. Caso sinta necessidades de maiores orientações ou tratamento da enfermidade, procure uma ajuda médica.

 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?