Brasil Blogado » Animais » Teste de produtos em animais

Teste de produtos em animais

Acompanhe na matéria a seguir, como funciona os testes de produtos em animais.

     

As pesquisas contra diversos tipos de doenças tinham que se avançar e serem testadas de alguma maneira e para que os próprios seres humanos não fossem utilizados como cobaias, eles começaram a usar animais, como: Porquinhos-da-índia, camundongos, coelhos e macacos.

Esses foram apenas os primeiros, que foram e são utilizados em pesquisas de cunho, como: medicamentos, vacinas, cosméticos e produtos de limpeza.

Além desses também são utilizados cachorros, porcos e baratas. O que deixa alguns seres humanos bastante indignados, devido um desses animais, serem  considerados o melhor amigo do homem. Porém muitos não devem olhar somente por essa suposição, pois se trata da descoberta da cura de algo, que quaisquer ser pode ter. E tais cientistas, procuram sempre fazer os testes com animais, que possuem facilidade no quesito de reprodução.

Apesar da sua visibilidade agressiva e nada humano, tal atitude pode salvar inúmeras vidas. E para aqueles que não sabem como funcionam os procedimentos, aqui vai alguns detalhes:

Procedimento dos testes

Os bichos, que participam desse tipo de programa, moram em viveiro, que é chamado de biotérios. E quando toda a pesquisa é terminada eles são sacrificados, o que deixa toda população indignada.

Porém nenhum cientista ou pesquisador que se prezem, não vão querer que o próximo utilizasse o seu objeto de estudo, para ganhar o mérito, que não os convém. Por isso cometem tal ato, de exterminação do animal. E também para não deixar com que as próprias cobaias infectem o próximo ou até mesmo morram aos poucos, o que acaba sendo mais desumano, ainda.

Porém é bastante contraditório as versões que muitos apresentam, pois ambos testes, tanto em animais como em quaisquer outro ser vivo.

Enfim, um acaba atrasando a pesquisa do outro, fazendo assim, com que a descoberta para a cura de alguém que seja próximo a você, fique mais longe ainda ou do seu próprio animal. Então tente ler bastante as pesquisas, antes de participar de alguma ação defensiva, pois pode ser que ele tenha lhe ajudado é não saiba. 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?