Brasil Blogado » Variados » Perigos do consumo em excesso do vinho

Perigos do consumo em excesso do vinho

O vinho é uma das bebidas mais antigas que se tem notícia e mesmo ela tendo os seus benefícios, a mesma pode apresentar perigos se consumida em excesso. Acompanhe nesta matéria quais os malefícios se extrapolar no consumo do vinho.

     

O vinho é uma das bebidas mais antigas, mas não sabe ao  certo quanto a sua origem e quem a inventou. Porém, as primeiras pinturas com a bebida está registrada em hieroglifos feitos pelos egípcios. Na antiga civilização egípcia, o povo queimavam o vinhedo e ofereciam aos deuses realizando grandes festas. Nesse período outras produções começaram a surgir, não apenas no mercado mas também em vários âmbitos sociais.

Muito dos ataques, aconteceram, depois de terem tomado uma quantidade abusiva de vinho. Assim, como mostra a história de José.

Há quem afirma que os egípcios inventaram o vinho. (Foto:Reprodução)

E se o vinho foi, por ventura, inventada pelos Egípcios, a bebida caiu no gosto dos cidadãos no período do império romano. Mas eram poucos os romanos privilegiados a consumir essa bebida que fora atribuída a Baco ( deus romano do vinho e das festas) que para os romanos era considerado um amante da paz e promotor da civilização. Na apoteose do império romano, os salões de festas eram regados a vinho e música como uma oferenda a Baco, mas também eram comemorações feitas após a legião vencer alguma batalha.

Agora que já sabe um pouco da história do vinho, iremos descrever um pouco sobre os perigos do consumo em excesso dessa bebida. Lembrando que, tudo aquilo que consumimos em excesso nos faz mal. Essa recomendação vale para todos os tipos de alimentos.

E todos sabem sobre os benefícios que o vinho pode nos trazer, porém o que quase ninguém lembra são dos malefícios que o mesmo pode causar, assim como a embriaguez, alucinação catatônica e a ressaca. Estes podem estar desenvolvendo sintomas variados e até entrar  um quadro mais grave, coma alcoólico.

> Embriaguez: pode acontecer pelo uso abusivo da bebida. Levar a pessoa a dependência.

> Alucinação catatônica: é quando a pessoa já está embriagada. A partir do momento em que ela se encontra nesse estado, a mesma começa a ver e escutar coisas que não existem.

> Ressaca: é o organismo correspondendo ao excesso de álcool consumido no dia anterior. Os sintomas da ressaca são:

Fique de olho, na quantidade em que esta bebendo de vinho, pois tudo em excesso faz mau.

Meia taça de vinho por dia é o suficiente para ajudar no funcionamento cardiovascular.  ( Foto:Reprodução)

 

 

* Dor de cabeça

* Náusea

* Ânsia de vômito

* Perda de apetite

* Diarreia

* Sede excessiva

Não existe cura para esse sintoma, ele vai desaparecendo dentro de 24 horas. Mas existe algumas coisas que pode estar fazendo para amenizar o mal estar como: ingerir muito líquido, comer comidas saudáveis (banana, frango grelhado, cogumelo, feijão, integrais e outros).

Apesar do vinho ser uma bebida ter uma gama de propriedades benéficas, se for consumido em grande escala pode deixar a pessoa alcoolizada e consequentemente com mal estar.  Os médicos recomendam que basta  apenas meia taça de vinho por dia para ajudar no funcionamento cardiovascular.

Saiba dizer não para os seus próprios querer, fazendo isso, não terá dor de cabeça mais tarde.

Beba vinha com moderação. (Foto:Reprodução)

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:

  • Temos vários artigos como esse. Encontre eles usando o campo de busca.

Quer comentar ?