Brasil Blogado » Higiene Bucal » O que é afta

O que é afta

Neste artigo mostra sobre O QUE É AFTA. A afta é uma inflamação que acontece em muitas pessoas., O que é afta?, Quais os sintomas da afta?, O que causa a afta?, Quais os motivos da afta aparecer?

     

A afta é caracterizada como uma úlcera aftosa, é uma recorrente doença, que acomete cerca de 20% da população. A afta comumente surge na mucosa bucal, embora também possam aparecer em toda a cavidade oral – como a bochecha ou nas partes internas do lábio, podendo ser múltiplas ou solitárias.

Essa patologia ocorre em pessoas de idades variadas, desde a criança ao idoso. Geralmente aparece em surtos de até 5 aftas em apenas uma vez. Costumam causar dor, ardência e prurido, e área fica com aspecto avermelhado, na verdade a úlcera fica recoberta por uma membrana de cor branco amarelada, circundada pelo vermelhidão.

doença

A afta é um problema de traço familiar.

As lesões permanecem no corpo por cerca de 10 dias sem deixar qualquer cicatriz. O desconforto maior ocorre nos três primeiros dias. O quadro de afta pode se agravar se houver infecções causadas por micro-organismos do meio bucal.

Ainda não a a firmação definitiva sobre o fator prevalente causador da afta, mas teoricamente está associada a alteração imunológica. Em algumas pessoas esse é a mais possível causa, em outras é um fator secundário. Outros indícios são os ácidos presentes em diversos alimentos que causam distúrbios gastrointestinais, irregularidades no ciclo menstrual e até o estresse emocional apode agir como fatores desencadeantes.

A afta não é uma doença infecciosa, portanto não é transmitida de uma pessoa para outra. Mas especialista alertam que é um problema de traço familiar, ou seja, filhos de pais que são portadores de aftas, possuem predisposição maior a desenvolver o mesmo problema .

Não existe tratamento específico para afta, mesmo porque a quem adquire a lesão uma vez por ano e outros apresentam lesões múltiplas todo dia. Como forma de diminuir a incidência, são utilizados medicações de uso sistêmico, como os imunossupressores – antissépticos, anti-inflamatórios, anestésicos e/ou protetores de mucosa. São opções efetivas para combater os sintomas da doença.

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?