Brasil Blogado » Animais » Arranhão de gato : Doenças, perigos e tratamentos

Arranhão de gato : Doenças, perigos e tratamentos

Os felinos são lindos, porém a maioria deles podem infectados com uma ou outra doença que você nem sabe. Leia este artigo matéria e saiba o que pode acontecer caso sindo arranhado ou mordido pelo gato.

     

Os felinos são animais lindos, dóceis, inteligentes, mas são transmitem diversos tipos de doenças, seja por meio de seu pelo, sujeira, bactéria, vírus e entre outros. Por isso, é muito sempre importante tomar cuidado com a saúde dele.

A partir do momento em que ele se encontra em bom estado, o animal deixa de ser um ativo, se tornando ofensivo. Então, faça por onde para que o seu seu animal mantenha-se saudável. Mas se essa não for bem a situação e se, por acaso, alguém ou você mesmo for agredido pelo gato com um arranhão, fique atento no decorrer do artigo e saiba as doenças que o felino pode estar transmitindo.

Foi arranhado por um gato?

Ser arranhado não é nada bom, ainda mais por um animal que pode estar infectado é pior ainda. A maioria dos felinos são infectados pela bactéria B. henselae.  A henselae pode estar sendo transmitida para o ser humano e outros animais por meio de arranhão, mordida ou saliva.  Então, se ocorreu algum desses contatos, fique atento.

Cuide de seu animal e de você.

Concomitantemente Dócil e perigoso. (Foto:Divulgação)

 

Sintomas

* Bolha no local onde foi afetado;

* Febre moderada;

* Dor de cabeça;

* Sensação de fadiga;

Porém, àqueles que possuírem o sistema imunológico muito baixo, os sintomas podem se apresentar de maneira diferente e até mesmo serem mais intensos, deixando o contaminado com:

* As glândulas linfáticas aumentadas, por semanas ou até mesmo meses;

* Perda de apetite e peso;

* E também o aumento do baço;

Saiba o que esta fazendo com seu animal de estimação.

Uma simples brincadeira pode te afetar. (Foto:Reprodução)

Tratamento

Nos casos mais leves, o médico apenas prescreverá um remédio para dissipar os sintomas. Mas, àqueles que tiverem o sistema imunológico baixo, o paciente deverá ser observado até que os sintomas desapareçam e deverão ser tratados  por meio de antibióticos fortes.

 Ações Preventivas

* Evite brincadeiras agressivas com o animal;

* Mantenha o animal sempre limpo, sem pulgas e carrapatos;

* E se for mordido ou arranhado, lave o local imediatamente com água corrente e sabão;

* Atenção redobrada no caso de estar com algum machucado aberto ou em estado de cicatrização, pois os gatos tem o costume de lamber e a saliva também é um meio de contagio; 

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?