Brasil Blogado » Saúde » Bolinhas na pele com massinha branca

Bolinhas na pele com massinha branca

Está com bolinhas na pele, com massinha branca, mas não sabe o quê é? Descubra no decorrer desta matéria e saiba como surge e quais as soluções de tratamentos para o caso.

     

O corpo é o espelho daquilo que sentimos e muitas vezes tende a reagir, avisar que algo diferente está acontecendo. Então, o organismo mostra de alguma forma que algo está acontecendo e que providências deverão ser tomadas em imediato. E um destes avisos se dá através do surgimento de bolinhas redondas com uma massinha branca em seu interior, que se cutucada ou espremida  expelirá a massinha, mas ficará marcada e a mesma ainda poderá voltar.

A bolinha pode ser acometida por diversos motivos, porém os principais são a acne, cravos ou a queratose pilar. Estas podem ser identificadas pelo dermatologista. Por tanto, se possui algo do gênero, já sabe a quem procurar. Vejamos a seguir como cada uma tende agir na pele e o que fazer para que  desapareçam.

Acnes e Cravos

Ambos acometem devido ao acumulo das glândulas sebáceas, ou seja, por causa da oleosidade e gordura encontrada no tecido da pele. Eles podem ser identificados a olho nu ou clínico. Para tratar é necessário procurar um dermatologista. Veja alguns exames que deverão ser realizados, assim como os cuidados:

* Limpeza diária da pele.

* Esfoliação semanal da parte afetada. 

* Evitar sabonetes e outros produtos oleosos ou que contenham álcool.

* Trocar a fronha que se usa para dormir. 

*  Realizar acompanhamento médico ( dermatologista) até o fim.  O mesmo poderá ministrar medicamentos durante o tratamento.

Tanto as acnes quanto as espinhas só desaparecerão se o portador estiver disposto a cuidar. Agora vamos saber um pouco sobre o que se trata a queratose pilar.

Devido ao seu aspecto ela pode se r confundida com a acne e cravo.

Créditos da Foto: http://belezaemforma.com/beleza-dicas/queratose-pilar-tem-como-tratar/#axzz3E3741Z6O

Queratose Pilar

É uma condição cutânea comum, onde a proteína na pele forma tampões duros nos folículos capilares, em qualquer parte do corpo. Ela é inofensiva e parece passar de geração em geração, porém é comum que ela surja em pessoas que possuem pele desidratada (seca) ou ainda que tenham dermatite atópica ou eczema, como é mais conhecida. A queratose pilar tende a agravar no inverno.

Para conseguir identifica-la das outras é preciso analisar:

. Pequenas “bolinhas” que surgem na parte de trás dos braços e coxas.

. Bolinhas que aparentam uma lixa áspera.

. Que sejam da cor da pele e tenham o tamanho de um grão de areia

.  Ter coloração rosa ou branca. 

O tratamento pode ser realizado em casa através de loções umectantes para acalmar a pele. Cremes que contém ureia, ácido lático, ácido glicólico, ácido salicílico, tretinoina ou vitamina D, pode ser ministrados. Contudo, o tratamento só pode ser ministrado por intermédio de um médico. Não recomenda-se, em hipótese, realizar a automedicação.  a

Você pode gostar desses:

Artigos relacionados:


Quer comentar ?